quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Só eu mesmo...

Pessoal. Hoje estou aqui falar da proposta que recebi no meu atual emprego...Estou deverasmente FELIZ!
Vou descrever o ocorrido.

Pra quem não sabe, trabalho em um Cyber Café - “Aaaah, por isso que ele vive na net!” ... -O pessoal da alta cúpula daqui diz que sou “O” Administrador, mas ainda tenho cá minha duvidas...hahahaha.
Pois bem, a mulé que trabalha aqui se formou está de saída, logicamente não vai ficar nessa inhaca e deixar o diplomão pregado na parede da sala, como muitos estão aderindo. Eu repassei a noticia pra chefia dizendo que precisaríamos treinar uma outra pessoa pra ocupar sua função e recebi a noticia de que, EU iria ocupar o espaço vago, e a proposta da chefia foi a seguinte:

- Bom Carlos, nós já estávamos com a idéia que você trabalhe no atendimento sozinho, trabalharia de segunda a sexta num horário que marcaremos, aos sábados manhã e tarde, e aos domingos nós ficaríamos no atendimento por UMA hora, (vejam bem, UMA HORA, 60 minutos) enquanto você dá uma volta, toma um ar pra relaxar e descansar.

Minhas palavras saíram meio que de surpresa.

- Ta de brinquedo?
- Mas isso vamos discutir ainda. Vamos ver os horários.
- Vamos sim, ué...bora ver eles!

Bom pessoal, satisfação imensa vai ser, juntar-me à mesa quadrada da alta “cópula” no dia das negociações e dizer - “Enfia essa empresa no cu, então!”...Se der grau, vou gravar a conversa e jogar no Youtube pra galerinha ter o prazer por intermédio de CARLOS, saber como é mandar a chefia tomar no cu!
Ou...sou formado em AUXILIAR DE CONTABILIDADE pelo SENAI, mouço...tm que dar valor, uai...hahahahahahahahaha

4 comentários:

Ciro M. Costa disse...

Cara, vc me contou isso hoje de manhã e até agora eu não acredito nisso. "Uma horinha" pra tomar um ar! Putz!!! Acho que seus patrões são muito ingênuos de fazer uma proposta dessas, hahahahahha!!!

"Vamos sim, ué...bora ver eles!", hahahahahahahahahahhahaha!!!!!

Pietro disse...

sahushuahushaushua

meu deus

uma horinha

tipo almoço?

jsaijsajisa
xD

jorge de marques disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKK

Yah! Quanta revolta com a chefia, hein?

Lembrei de uma música do Zeca baleiro q meu colega do trabalho vivia cantando:

"Eu despedi o meu patrão desde o meu primeiro emprego, trabalho eu não quero não, pago pelo meu sossego... Ele roubava o q eu mais valia, e eu não gosto de ladrão"

Cissa Teixeira Oliveira disse...

Uahuhauahuahauhuahauhau!!!
Sua cara essa história, Carlim... Até seus patrões gostam de estourar...