sábado, 18 de novembro de 2006

Chega de brincadeira

Mencionando Roberto Piva "O sec. XXI me dará razão", tenho a ligeira impressão que o negócio tá ficando feio, sem a demagogia profética e apocalíptica. Ou seja estamos fodidos, sério, de rocha mesmo, basta uma olhadinha melhor ao redor para perceber isso. E é com base nisto que colocaremos a disposição de vocês,
uma série de poemas dos melhores "poetas do Apocalipse", começando com nada mais nada menos que eu mesmo, sério, myself, ééééé, tão achando que é brincadeira, então segura essa:


O Evangelho segundo São Jorge
ou Influências de Drummond.







Larga de sê bobo sô!!
Larga de sê boooobo!

Larga de sê bobo sô!!
Larga di se boobo!

Larga de sê bôbo sô!
Larga de sê bôôôbo!


Por mais que a esperança encontre refúgio no futuro
Observando o passado e o presente em cima do muro
Só consigo repetir o seguinte algúrio:

Larga de sê bobo sô!
Larga de sê booobo
Bobão!!!

4 comentários:

Carlos Filho disse...

vai se Bobo sÔ!
hahahahahahahahahaha

Ciro M. Costa disse...

Balula!

Ciro M. Costa disse...

"... que eu mesmo, sério, myself..."
Usando estrangeirismozinho, né gordão???

Flávio Otávio Ferreira disse...

pois é... acho que já ouvi isto em alguma esquina.
Desilusão a minha se souber que outrora ouvia apenas sussurros de uma melancolia desvairada nos recônditos das Gerais...
Mas que já ouvi isto antes, isto ouvi!!!