terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Um conto do interior!

_Pois é, o cara tava em cima de uma viúva negra, lembra daquela moto?

_Lembro, aquela que travava o acelerador?

_Isso, e foi justamente isso o que aconteceu, a moto travô o acelerador com ele na descida.

_E aí cara?

_Aí é que a moto ainda por cima perdeu o freio.

_Noooosssa, e o que ele fez?

_Ele quebrô o vidro do velocímetro e baxô o pontêro até no zero e consiguiu pará bem na hora, acredita?


5 comentários:

Ciro M. Costa disse...

P...UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUTZ!!!!!!!!

Carlos Filho disse...

NUUUUOOSSAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.... hahahahahahahahahahaha
Estoura mesmo, cumpadi!

Pietro disse...

uauhauhauhauauhauhuahauh

O cara é bom!

Sessyllya disse...

Eita! Que isturdia eu tava era ovindo umas história aí parecida cum essa... Uns cara lá contando que tinha matado uma onça na unha... rsrsrs

Boa mesmo!!!
Bjos!!!

Bruno Carvalho disse...

AhahahahhahahahahahhAhahahahhahahahahahhAhahahahhahahahahahhAhahahahhahahahahahhAhahahahhahahahahahh!!!

Cê tá virando humorista de mão cheia!! Só tenho medo de só eu rir nessa brincadeira!! Massa mesmo ahahahahah!

Abraço!