quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Mais uma áudio-crônica...

Aperte o play para ouvir a narração enquanto lê:
Get this widget Track details eSnips Social DNA


AS AVENTURAS DO INCRÍVEL MAGASK

O pequeno Magask, com seus 3 anos de idade, já estava cheio daquela vida. Morava com a avó mais velha e tinha que comer frango todos os dias. Mesmo tão novo, já tinha idéia de sair de casa.
Certo dia, assistindo um desenho da She-ra, ele se apaixonou perdidamente, e decidiu:
- Está decidido! Eu vou embora daqui, procurar a princesa Adora e me casar!
Após ter arrumado suas coisas (um Ursinho Kirsby de pelúcia, fraldas, chupeta, mamadeira e uma lancheira) Magask avisou sua avó:
- Vovó, to indo embora! Vou me casar com a princesa Adora.
- Vai com Deus, meu ‘fio’! Não esquece o agasalho!
E lá se foi Magask, caminhando por esse mundão afora. Muitas pessoas estranhavam o fato de um menino tão novo sair por aí caminhando, mas outras pessoas amigas dessas pessoas diziam:
- Hoje em dia é assim! Essa meninada amadurece mais cedo. – pois é isso o que as pessoas falam.
Tudo era nova para o pequeno Magask. As casas, as ruas, os postes, as florestas, as plantas, os animais... algumas coisas eram bem diferentes do que ele via na TV de sua avó. “Lição nº 1: jamais devemos confiar em uma caixa com luzes coloridas” pensou ele consigo mesmo sozinho e individualmente.
Magask andou por vários dias, procurando pela princesa Adora, mas nada encontrou. Às vezes, ele via alguém pelo caminho e perguntava:
- Por acaso sabe onde posso procurar a princesa Adora?
E as pessoas respondiam:
- Por que? Ela está escondida?
Magask ficava puto de raiva com tal resposta, mas não desistiu de procurar.
Foi aí que ele pensou consigo mesmo novamente: “Espere aí! Espere aí! Céus! ES-PE-RE A-Í!! Como fui tão tolo? Como fui tão bobo? Como fui tão inocente? Como fui tão besta? Como fui tão filho da puta? Está tudo tão claro como a luz do sol brilhando sobre a janela pela manhã! Cacetada, a princesa Adora mora em outra dimensão! Ela mora em Etéria! Eu preciso achar o portal!”.
Então, Magask foi à procura do tal portal e mais alguns dias se passaram. Mas, que mundo mais leigo! Ninguém sabia onde ficava esse portal! Magask perguntou para sábios, professores, médicos, palestrantes, padres, profetas e prostitutas... mas ninguém sabia.
O único que soube de tal resposta fora um peixe que estava fora d´agua:
- Menino, menino, me ajude! Me ajude e lhe direi onde fica o portal para Etéria.
Magask, mais do que depressa, pegou o peixe e o jogou na água. Então, o peixe disse:
- Brlrlrlrlrlrlrlrlrlrlrlrlr!!!! – Como ele estava dentro d´agua, Magask não pôde entender uma só palavra.
Bem, é preciso dizer que mais alguns dias se passaram, sem que Magask encontrasse o portal. Sabem, esses portais não são difíceis de se achar..., aliás, não são fáceis de se achar. Às vezes as pessoas passam anos procurando por eles e, quando encontram, desaparecem sem deixar vestígios. É por isso que existem tantas pessoas desaparecidas no mundo. Alguns dizem que é por causa dos seqüestros alienígenas, mas eu lhes digo que...
- Ô cara! Esqueceu de mim?
Desculpe, Magask!
Finalmente, após passar por um campo de jacas, um tatu disse a Magask que o portal estava localizado na Caverna dos Ecos Vivos. Magask bem sabia onde ficava essa caverna e disse que iria para lá sem perder tempo. Mas não antes que o tatu lhe desse um aviso:
- Cuidado com os Ecos Vivos!
Magask afirmou a cabeça positivamente, e foi para a caverna.
No dia em que chegou lá, Magask não viu nenhuma surpresa. Pelo menos, por fora, a Caverna dos Ecos Vivos era como todas as cavernas que ele já tinha visto na TV.
- Lição nº 2: cavernas são todas iguais.
Mas Magask estava muito enganado. Mal entrou na tal caverna, e pôde ouvir os Ecos Vivos, que cantavam uma bela canção:

Dê o play novamente:
Get this widget Track details eSnips Social DNA



Ei garotinho,
O que está fazendo aqui?
Você não é bem-vindo aqui não!

Saia antes que seja tarde demais
E você saia machucado

(bis)

- Vocês cantam muito mal! Eu só estou procurando o portal para Etéria!

­Nós não vamos lhe dizer, não senhor!

- Não tem problema! Eu o encontrarei sozinho! Eu sou bom em encontrar coisas!

Nós já lhe avisamos, garotinho!

Então, Magask começou a chorar.


Não percam, em breve, mais uma esplendorosa aventura de...
MAGAAAAAAAAAAAAASK!!!!!!!!!!!


Narrador: Bruno Carvalho
Demais vozes: Ciro M. Costa

5 comentários:

Carlos Filho disse...

Hahahahahahahaha...
Aperfeiçoando cada vez mais!
Ficou mil vezes melhor q o outro!

Cissa Teixeira Oliveira disse...

"- Vovó, to indo embora! Vou me casar com a princesa Adora.
- Vai com Deus, meu ‘fio’! Não esquece o agasalho!"

Só por esse trecho, eu já daria nota 10 pra vcs, viu?!

Parabéns!!!

Flavio Carvalho disse...

Hahahahahhahahaha!!

A néééééimmmmmm,

ecos vivos!!

adoreiiii esta música!!

e aprincesa adooooooora!!!

ahahahahhahahaha!

se3mpre fui fã do Magasssssssk!!

Pietro disse...

hsuausauhuhsahusauhshuuhsa

muito boa

que diabos de vó é essa?


sagyasgysagysaygsa

boa boa boa

Isa disse...

kkkkkkkkkkkkkkk

Creo que sea desnecesário decir cualquier palabra...
Como siempre perfecto hermano!!!

Hasta!!!