quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Relação Vó x Neto. Dá...?

10º Simpósio de Análise Familiar




- Caros amigos da ciência. Estamos mais uma vez reunidos no 10º simpósio de análise familiar com o assunto: " Relação Vó e Neto, da merda? "
Ouve-se alguns murmúrios afirmativos. Outros dizendo que o assunto é delicado demais, alguns pensam em “cobaias” para testes. Debates, uns mostram anotações e assim começa mais uma reunião.
- Calma senhores, acalmem-se. Nunca deixamos um assunto sem resposta e não será dessa vez que deixaremos. Será que avós formam homosexuais, Bichotas do mundo, com seu desvio de caráter como, pulverizando o mundo com seus trejeitos e...
- Ei senhor, vamos com calma!
- Desculpem-me. É que às vezes...
- Senhor, estão tentando invadir o salão! São manifestantes...
- Quem? Quem ousa atrapalhar nossas pesquisas?

De repente adentra o estabelecimento cerca de 30 velhinhas e 50 jovens com placas, cartazes gritando histericamente.
- Seus polhas, nossas vovós não tem nada a ver com isso, tirem elas da pesquisas seu chatos metidos a intelectuais, bobinho de jaleco branco. Chatinhosssss!
- O que essa bichona disse? Cadê a segurança? Tirem essa corja daqui!
- Nos imobilizamos todos, estão amarados com alguns dos nossos na salinha de limpeza...Ui, daqui a pouco vou pra lá...affff!
- O que vocês pensam que estão fazendo?
- Estamos provando que nossas avós não tem nada a ver com essa pesquisa. Não é Vovó?
- É sim minha flor do campo, coisinha da vovó...Não temos nada com isso! Não venha você com tal pensamento injusto.

E as outras senhoras levantam os braços e gritam em apoio a vovó contra tal pesquisa.
Uma senhora se destaca a frente do grupo e começa o sermão.

- É isso mesmo, não temos nada a ver com o comportamento de nossas flores, nossos netinhos tão amados. A culpa são dos pais que tem seus filhos e vão trabalhar deixando os conosco...Nossos frágeis netos em nosso cuidado. Não é pelo fato de sonharmos com netas que faremos um desvio de personalidade dos garotos, não é porque os chamamos de “Príncipes” colocamos vestidinhos com flores em seus cabelos e o colocamos pra ajudar na faxina da casa que transformaríamos em homosexuais. Vocês criam conceitos e pesquisas errôneas. Nós apenas cuidamos com todo amor e carinho do mundo nossos netinhos delicados que não podem se machucar, sair na rua com essa violência, deixaremos ele com nossa proteção, nos ajudando na arrumação da casa que é nosso porto seguro. Não queremos futebol, não queremos uma mulher magoando seu coraçãozinho sensível, não queremos que se machuquem! Nunca. Nossos anjinhos não merecem o mundo. Queremos seus amiguinhos em casa, onde estarão seguros...Oras!

Todas as outras senhoras juntamente gritam a favor.

- Bom senhores, amigos da ciência, acho que vamos dar por encerrado a nossa pesquisa e vimos como a relação “Vovó e Neto” pode ser! Até a próxima.

Ouve-se vaias e gritos da parte dos manifestantes!


Não PERCA:


... O DRAGÃO VIOLENTO!AQUI TAMBÉM, NO “ESTOUROU”.
e

http://www.bonecoverde.blogspot.com/

Semana do respeito, até as bibas merecem!

7 comentários:

Flavio Carvalho disse...

hahahahahaha,

é isso aí, respeito é bom
e facilita,

ahhahahahahaha, bela foto no final!

Carlos Filho disse...

Bela foto no final?
Pega no meu...dedo! (sem rimas)

Pietro disse...

hahahhaha

voiu fazer uma rima

Carlos, vc é netinho da vovó

putz...

nõ rimouj

Ciro M. Costa disse...

Céus, meu sobrinho corre sério perigo! Hahahhahahahahahahha!!!

argh, lemòn disse...

putz, fui criado pela minha vó, mas apanhava de cabo de vassoura e borracha do chuveiro.

Devo ser uma excessão.

Cissa Teixeira Oliveira disse...

Ahahahahaha!!!
Carlim, que tipo de rejeição você sofreu na infância? Ou foi ciúme do montão de primos que você tem? Conta aí, vai, se abre pra galera...
Ahahahahaha!!!
Bj!!!

Felipe Carvalho disse...

É isso aí, Cissa! Pode apostar que tem trauma aí no meio!! hahahahahahahaha

"- É sim minha flor do campo, coisinha da vovó."

Sem comentários! kkkkkk